segunda-feira, 6 de abril de 2009

O Crescimento do Jornalismo

Desde o início do jornalismo na Europa, até os dias atuais com o advento da internet e de muitos mecanismos tecnológicos, ocorreram grandes transformações nos modais de comunicação.

A primeira reforma ortográfica da língua portuguesa ocorreu em 1911 em Portugal. Porém o Brasil começara a se “familiarizar” com a mudança apenas quatro anos mais tarde. De lá até hoje muitas alterações ocorreram. Acordos e formulários ortográficos moldavam a língua portuguesa.

No início do ano atual houve a implementação de mais uma reforma e a busca pela adaptação da nova ortografia se torna um tanto quanto vertiginosa, tendo em vista a necessidade de uma boa absorção da nova escrita em provas, concursos públicos, ou algo do gênero. Porém, tal busca é municiada pelas diversas mídias, pela venda de livretos explicativos. Em tão pouco tempo a sociedade brasileira está se adequando a nova regra, pois precisa se adequar e as tecnologias atuais ajudam e muito.

O mesmo pode dizer do jornalismo de serviços. No século 15, as folhas volantes tinham a marca de breves informações, tendo também sua parte “mercadológica” de informar preços. Atualmente o jornalismo de serviço se expandiu e se tornou grande mediador da sociedade com a situação pública. A Rádio Sul América se destaca, por exemplo, neste jornalismo de serviços mais que dinâmico. Assim, os veículos atuais que informam notícias de interesse público vieram de um processo de evolução da comunicação.

È notado que de séculos atrás até hoje o jornalismo evolui para melhor pois entra na cabeça das pessoas mais rapidamente e de um modo mais universalizado, dando oportunidade de opiniões diferentes. Mas é inegável que o jornalismo do passado é base para o jornalismo do presente.

Altobelly de Oliveira

Fonte de Pesquisa: www.portaldalinguaportuguesa.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário